Cinthia Peluti

Cinthia Peluti

UX Designer no BB

PALESTRA – 28/09 às 14h30

Quem é a UX do BB?

Números não faltam para corroborar a importância da UX nos processos. Cada vez mais empresas tem se voltado para este novo mind-set na intenção de não somente aumentar seus lucros, mas muitas vezes sobreviver num mercado de tamanha concorrência.
No Banco do Brasil não é diferente. Tem havido um grande esforço para se mudar esta cultura de desenvolvimento em cascada, onde somente em tal momento, no caso no final do processo, na fase de interface, a equipe de UX é acionada.
Mas o que é UX? Quando é o momento certo de acionar a UX?
Sabe-se que UX é uma sigla para o termo User Experience. O que ainda não é claro e difundido é que User Experience não é somente encontrar a melhor interface para seus usuários. UX é sobre definir o problema que precisa ser resolvido (o por quê), definir para quem esse problema precisa ser resolvido (o quem), e definir o caminho que deve ser percorrido para resolvê-lo (o como), enfim trabalhar diretamente na definição de novos modelos de negócio!
Qual é o problema que deve ser resolvido? Quem tem estes dados? Quem conhece o cliente? Quem fala diretamente com o cliente? Quem define o novo processo? Quem define as regras de negócio? Tudo isso impacta diretamente a experiência do cliente e ainda sequer chegou na tecnologia. Todas estas pessoas, que de alguma forma responderam, deram ideias, definiram, sugeriram ou desenharam a solução, estão decidindo e definindo a experiência deste usuário, seja ele interno ou externo.
Então, se tudo isso é experiência do usuário, vamos refletir? Quem é a UX do Banco do Brasil?

 

Mini Bio

UX Designer por vocação, mãe por natureza, chocólatra de paixão.
Especialista em design de interação e instrutora da trilha de UX, adora uma pesquisa!
Há 8 anos ajudando a transformar a relação do cliente com o Banco do Brasil 🙂

back to top